22/12/2010

Riscos

Lutando contra o mundo invisível usando escudo ao invés de armas

Ataque como defesa, defendendo como puder

Embate entre a realidade e a minha vontade


Nessa nova era de revolução

Quem vive ao acaso sem determinação,

Acaba por exaurir as paixões em solidão


Vejo balanços cada vez mais fortes à beira do abismo,

Ouço gritos de: "não sei se me jogo ou se fico!"

Dizem buscar a paz;

Eis o risco pra quem é capaz.

8 comentários:

  1. ainda assim se defender é um dos riscos de se viver. Paradoxos humanos se revelam.
    ;)

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. equilíbrio uma boa palavra, e como toda boa palavra, complexa. É isso, o risco sempre existe, até no equílibrio. Quem é? Díficil te dizer, já que sou um simples complexo dos múltiplos seres que posso. Enfim, você quer mesmo que eu escreva aqui? ;)

    ResponderExcluir
  4. kkkk, quem é você não em relação ao que você acredita ser, mas de uma maneira que eu possa saber se conheço ou não. e por curiosidade, onde achou o blog? seja bem vindo =)

    ResponderExcluir
  5. Oxee, ah sim, ahuaha ;)
    Não, você não me conhece, mas eu já vi vc. O blog? No orkut eu acho.
    o/

    ResponderExcluir