02/08/2010

Perdão

- Ela errou, não converso mais com ela. - disse Toninho.
Bendito então, para consolar o pobre menino diz:
- Mas isso tem tanto tempo, porque ainda insiste nisso?
Maldito interrompe e diz:
- Ela não merece seu perdão, ignore-a.
Toninho diz:
- Mas.. Eu gostava tanto dela, como ela pôde fazer isso? Queria que tudo fosse como antes..
Bendito, mais uma vez:
- Se queres te tornar livres, deveras se desprender .. e usar a magia do perdão
Maldito:
- Perdão? Você está louco? Não, não, não.. Ela tem que sofrer!
Bendito revida:
- estás preso ao tempo! Quanta bobagem.

Toninho, então.. Que se encontrara sozinho em companhia apenas de seus pensamentos, sai de casa e decide ser livre.

2 comentários:

  1. Saber perdoar é uma grande virtude, que bom que ele decidiu ser livre!
    Muito legal esse texto, Milla :)

    Beijo

    ResponderExcluir